noticias614 Seja bem vindo ao nosso site Jornal O Litoral!

Brasil

Inflação e cesta básica de Natal têm variação negativa em setembro

Pesquisa da Coordenadoria de Estudos Socioeconômicos do Idema registra queda de preço do leite e feijão e das despesas com transporte

Publicada em 06/10/2022 às 23:21h - 16 visualizações

AGORA RN


Compartilhe
Compartilhar a noticia Inflação e cesta básica de Natal têm variação negativa em setembro  Compartilhar a noticia Inflação e cesta básica de Natal têm variação negativa em setembro  Compartilhar a noticia Inflação e cesta básica de Natal têm variação negativa em setembro

Link da Notícia:

Inflação e cesta básica de Natal têm variação negativa em setembro
 (Foto: Reprodução)

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da cidade do Natal, calculado pela Coordenadoria de Estudos Socioeconômicos (CES) do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) registrou para o mês de setembro de 2022, variação negativa de 0,13% em relação ao mês anterior. Com este resultado, a variação no ano ficou em 5,13%. Nos últimos doze meses (setembro/2021 a agosto/2022) atingiu 7,62% e 604,51% desde o início do Plano Real.

O grupo Alimentação e Bebidas, que responde por 32,43% do índice geral em termos de participação no orçamento familiar, apresentou variação positiva de 0,81% em relação ao mês anterior. Os itens que mais contribuíram para esse aumento de preços foram: Enlatados e Conservas (3,45%), Tubérculos, Raízes e Legumes (3,10%), Açúcares e Derivados (2,69%), Bebidas e Infusões (2,69%), Frutas (1,41%) e Hortaliças e Verduras (1,10%).

O setor de Transportes apresentou uma variação negativa de 3,21%. Os itens que mais contribuíram para essa queda de preços foram: Combustíveis (Veículos) (-8,64%), Transporte Público (-2.98%) e Veículo Próprio (-0,72%).

Já o grupo Comunicação neste período uma variação negativa de 1,17% em função da queda de preços nos seguintes itens: Aparelho Telefônico (-0,97%), e TV a Cabo (-0,98%)

Cesta Básica

A Cesta Básica teve uma variação negativa de 0,52% em relação ao mês anterior. Nas despesas com os produtos essenciais, o custo com a Alimentação por pessoa foi de R$ 550,51. Para uma família constituída por quatro pessoas, esse valor alcançou R$ 2.202,04. Se a essa quantia fossem adicionados os gastos com Vestuário, Despesas Pessoais, Transportes etc., o dispêndio total seria de R$ 6.790,26.

Dos treze produtos que compõem a Cesta Básica, oito tiveram variação positiva: Açúcar (3,40%), Margarina (1,83%), Legumes (1,73%), Tubérculos (0,80%), Frutas (0,35%), Carne de Boi (0,28%), Café (0,26%) e Arroz (0,20%). As variações negativas ocorreram em cinco produtos restantes: Leite (-6,53%), Óleo (-4,31%), Farinha (-1,98%), Feijão (-1,37%) e Pão (-0,70%).

Dados:

– Cesta Básica
Setembro de 2022:(-0,52%)
Valor: R$ 550,51

– Inflação
Janeiro: 0,67%
Fevereiro: 0,91%
Março: 0,88%
Abril: 1,48%
Maio: 0,59%
Junho: 0,74%
Julho: 0,14%
Agosto: (-0,24%)
Setembro: (- 0,13%)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84)99482-9967

Visitas: 208661
Usuários Online: 1
Copyright (c) 2024 - Jornal O Litoral - Sistema Litoral de Comunicação