Esporte

Gol antológico de Dener contra a Inter de Limeira completa 30 anos

Publicada em 13/11/2021 às 11:19h - 21visualizações

por Victor de Andrade


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Dener em jogo contra o Santo André  (Foto: Arquivo)
Uma das obras primas que Dener deixou em seu pouco tempo de atividade profissional está completando 30 anos neste 13 de novembro: o golaço contra a Inter de Limeira, no Canindé, pelo Campeonato Paulista de 1991, que deixaram todos com certeza que estavam diante de um craque.
 
O ano de 1991 estava sendo o de afirmação de Dener. Depois de estrear profissionalmente em 1989, ainda timidamente, e ter altos e baixos em 1990, o craque Rubro Verde, antes de completar 20 anos, 'destruiu' na Copa São Paulo de Juniores e, ainda no primeiro semestre, foi convocado por Falcão para a Seleção Brasileira, fazendo sua estreia em um amistoso contra a Argentina.
 
Dener ainda tinha altos e baixos. A questão era que quando ele resolvia acordar, elevava o patamar da Lusa, que tinha um bom time, com nomes como o de Rodolfo Rodriguez, Capitão e Nilson, além de ser dirigida por Emerson Leão. E foi isto o que acontecer naquela noite de 13 de novembro de 1991. Era a segunda rodada da segunda fase do Paulistão e a Portuguesa, que vinha de vitória sobre o Santo André, por 3 a 1, na estreia, tinha que vencer para não deixar o Corinthians se desgarrar e, assim, buscar a vaga na decisão do estadual.
Dener, na verdade, iniciou o jogo em baixa. "Dormindo" em campo, foi pressionado por seus companheiros durante grande parte do jogo. Aliás, a Lusa não estava bem no dia, tanto que o 0 a 0 persistia e a Inter de Limeira até assustava em alguns momentos.
 
Porém, aos 38 minutos do segundo tempo, Dener "acordou! Ele recebeu a bola no meio de campo, passou rápido pelo primeiro, deu um belo drible da vaca no segundo e na saída do goleiro Gerson, deu uma bela cavadinha, mandando a bola para o fundo das redes! Golaço!
 
O gol fez a torcida da Lusa vir "abaixo" no Canindé. Além de terem visto uma pintura, os presentes comemoraram que aquele golaço deixava a Portuguesa viva no Campeonato Paulista. Era o sonho de ver o time Rubro Verde campeão estadual novamente, o que não acontecia desde 1973 e tinha escapado em 1985. Porém, ao fim da segunda fase, a equipe ficou em segundo na chave e viu o Corinthians ir para a final, perdendo o título para o São Paulo, com show de Raí.
Dener ainda brilhou muito nos gramados, fazendo até outro gol antológico em 1993, contra o Santos, também no Canindé e em um Campeonato Paulista. Porém, em 19 de abril de 1994, quando o camisa 10 estava emprestado ao Vasco, ele nos deixou em um acidente automobilístico na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. Ele tinha apenas 23 anos. Outro personagem daquele gol antológico também já não está entre nós. Gerson Dall'Stella, o goleiro da Inter de Limeira, faleceu em 11 de janeiro de 2020, aos 58 anos, vítima de um infarto fulminante. Dois atletas que estão eternamente na história do futebol brasileiro!



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84)99482-9967

Visitas: 101932
Usuários Online: 1
Copyright (c) 2021 - Jornal O Litoral - Sistema Litoral de Comunicação