Esporte

Do 10º lugar, Hamilton vence após duelo épico com Verstappen no GP de São Paulo

Britânico ganhou nove posições em 19 voltas e se manteve próximo do rival ao longo das voltas seguintes no Autódromo de Interlagos, até fazer manobra decisiva na 59ª volta da etapa brasileira; Bottas é terceiro

Publicada em 14/11/2021 às 17:04h - 22visualizações

por Redação ge ? São Paulo


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: REUTERS/Ricardo Moraes)

O desempenho astronômico de Lewis Hamilton na corrida classificatória do GP de São Paulo nada mais foi que uma prévia do que viria no domingo. Diante de uma torcida ensandecida no Autódromo de Interlagos, o britânico encarou um duelo de tirar o fôlego contra Max Verstappen na corrida neste domingo, e saiu vencedor após ameaçar o rival por 59 voltas - tendo largado em décimo e feito nove ultrapassagens só nas primeiras voltas. Valtteri Bottas completa o pódio, em terceiro.

Aos gritos de "Senna" da torcida brasileira nas arquibancadas, o heptacampeão desfilou após a bandeirada da ginasta Rebeca Andrade com a bandeira do Brasil nas mãos, emulando o gesto do tricampeão e seu ídolo na Fórmula 1. O triunfo foi o sexto do piloto na temporada 2021.

A Mercedes foi do céu ao inferno em todo o fim de semana: no sábado, viu Hamilton largar do fundo do grid na corrida classificatória por uma irregularidade técnica, mas o britânico foi de 20º a 5º na disputa de 24 voltas; no domingo, partindo da pole position, Valtteri Bottas foi ultrapassado na primeira curva por Verstappen e depois, superado por Sergio Pérez.

Porém, a experiência de Hamilton e a vantagem do carro do britânico - com um novo motor de combustão interna na unidade de potência - entraram em jogo e o piloto do carro 44 começou sua caça à Verstappen: só na largada, foram três ultrapassagens. Nas 18 voltas seguintes, superou outros seis carros até finalmente colar no rival da RBR, com direito a "empurrão" e zigue-zague na pista.

Essa foi a primeira vez que um piloto venceu uma prova em Interlagos partindo da oitava colocação ou abaixo. Para Hamilton, valeu a 101ª vitória da carreira e o fim de um curto mas incômodo jejum de triunfos desde a centésima conquista na Rússia, em setembro.

Com o fim de uma prova emocionante que marcou o retorno da F1 no Brasil após a ausência em 2020 devido à pandemia do coronavírus, torcedores foram a loucura com o desfecho da disputa.

Seguindo a tradição local, tomaram conta da pista para acompanhar, de perto, a cerimônia do pódio - com grito de "gol" no momento em que Hamilton pegou a bandeira brasileira. Interlagos foi uma das poucas pistas neste ano na qual o britânico não foi vaiado.

A vitória ainda não foi suficiente para Hamilton superar Verstappen também no campeonato de pilotos, mas o britânico reduziu a desvantagem para o rival de 21 para 14 pontos. No Mundial de Equipes, a Mercedes ganhou um respiro na liderança ao aumentar a diferença para a RBR de dois para 11 tentos.

HAMILTON: "Estou muito grato pelo incrível apoio que tive neste fim de semana. Não tive tanto apoio assim desde Silverstone (na Inglaterra). Que corrida. A equipe fez um ótimo trabalho, Valtteri fez um ótimo trabalho. Com as punições, foi o fim de semana de corrida mais difícil que já tive".




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84)99482-9967

Visitas: 101936
Usuários Online: 2
Copyright (c) 2021 - Jornal O Litoral - Sistema Litoral de Comunicação