noticias4 Seja bem vindo ao nosso site Jornal O Litoral!

GERAL

Rosalba descarta se candidatar este ano e fala em momento de reflexão

Ex-governadora foi ?tentada? a voltar à vida pública durante encontro tático do PP, mas disse que atuará apenas nos bastidores

Publicada em 31/05/2022 às 10:46h - 2 visualizações

Adenilson Costa


Compartilhe
Compartilhar a notícia Rosalba descarta se candidatar este ano e fala em momento de reflexão  Compartilhar a notícia Rosalba descarta se candidatar este ano e fala em momento de reflexão  Compartilhar a notícia Rosalba descarta se candidatar este ano e fala em momento de reflexão

Link da Notícia:

Rosalba descarta se candidatar este ano e fala em momento de reflexão
 (Foto: José Aldenir)

“A gente diz que, em Política, nada é impossível. Mas existe uma decisão no momento, que é essa: não vou participar”, afirmou a ex-prefeita de Mossoró, ex-governadora, ex-senadora e vice-presidente estadual do PP Rosalba Ciarlini, durante o encontro tático do Partido Progressistas (PP), em Natal. Ela agradeceu aos que pediram seu retorno à vida pública e, embora a sigla tenha se colocado à sua disposição, este é um momento de “reflexão e reestruturação” e que não pleiteará vaga na corrida eleitoral deste ano.

“Quero agradecer aos que lembraram do meu nome, o que é muito gratificante. É sinal de que existe um trabalho que deixou marcas. Mas, queria dizer que não é esse o momento, não faz parte dos meus planos, embora o PP, de forma muito solidária, me disse que estava aberto para qualquer opção que eu quisesse de candidatura. Este é o momento de reflexão e reestruturação, mas de estar presente na política, porque para estar presente na política não é obrigatório ser candidata, ter um mandato”, afirmou, em entrevista exclusiva ao AGORA RN, nesta segunda-feira 30.

Segundo Rosalba, estão tentando convencê-la para muita coisa, mas que já tomou sua decisão final. Ela disse que deseja participar e fica muito feliz em ver legados que deixou, sendo um deles, o RN Sustentável, que ela classificou como o maior projeto que o Rio Grande do Norte conseguiu fazer em toda a sua história, junto ao Banco Mundial.

“Foi feito quando eu era governadora, foi luta minha, ideia nossa, nós conseguimos esses recursos e que estão aí. Por exemplo, Mossoró vai receber um hospital de 1º mundo para servir à toda região, fruto do ‘RN Sustentável’, que hoje é o ‘Governo Cidadão’. Estão aí as centrais do cidadão, equipamentos para segurança, novas estradas, a Barragem de Oiticica, que tirei do papel. O momento é de contribuir com meu trabalho, minha presença e meu apoio aos candidatos do meu partido”, explicou.

A ex-governadora lembrou uma citação creditada ao ex-governador do RN Dinarte Mariz, para explicar sua decisão final em não concorrer a nenhum cargo nessas eleições gerais. “Eu lembro que Dinarte Mariz sempre dizia assim: ‘as nuvens, elas mudam todos os dias’. Mas, não vou participar. Tem as dificuldades locais, cada cidade e região tem suas características. Em Mossoró, somos oposição ao atual prefeito, do Solidariedade, o candidato dele é do mesmo partido, então, isso são aspectos que devem ser analisados, estudados e vistos. O que eu quero é que o RN possa avançar, melhorar e crescer”, enfatizou.

 

Ex-governadora pretende atuar apenas nos bastidores

Rosalba Ciarlini destacou que não ficará fora das eleições e que pretende contribuir com o PP, nos bastidores, apoiando os candidatos e o partido, para que ele cresça cada vez mais no Estado, ampliando o campo de atuação da sigla.

“A gente tem a responsabilidade de contribuir e, com a experiência que tenho, pelos mandatos que já tive, é uma coisa que me gratifica muito, principalmente, por ter sido a primeira mulher senadora do Rio Grande do Norte. Ter feito um trabalho em defesa do social, a licença maternidade que tanto defendi, os institutos federais que ajudei a trazer para o Estado, a luta pela transposição. Enfim, tenho marcas que ficaram não só em Natal, mas em Mossoró e no Estado como um todo”, garantiu.

Ela declarou ainda que nunca disse que seria pré-candidata a deputada estadual. Que esse desejo partiu de pessoas, amigos, companheiros e correligionários. Mas que deseja dar uma pausa, se reorganizar e reestruturar, para que possa contribuir com o PP, apoiando os candidatos. “Temos um deputado federal – Beto Rosado – queremos ter mais, vou estar na luta, nas ruas, nas cidades, onde for convocada, dando a minha contribuição de companheira do Partido Progressistas”.

Questionada sobre os apoios políticos, Rosalba afirmou que, “apoio ao governo é uma decisão que será tomada junto com o partido, onde iremos dialogar, trocar ideias, ouvir sugestões e juntos tomarmos uma decisão”.

Em relação ao Senado Federal, a tendência do PP é apoiar o pré-candidato Rogério Marinho (PL), mas Rosalba afirmou que, “eu ainda não conversei com Rogério e não conversei com nenhum dos candidatos, então será agora que vamos começar a conversar e com certeza temos que estar em sintonia também com as ideias que vêm do partido”.

Nem Fátima, nem Fábio, mas um novo nome ao governo

Ao fazer uma análise política sobre o cenário que vem se desenhando no Estado para as eleições, e levando em consideração que o PP não apoia nem a reeleição da governadora Fátima Bezerra (PT), nem a eleição de Fábio Dantas (SD), Rosalba esclareceu que, ainda tem muito tempo para surgir um novo nome na disputa. “As convenções só acontecerão no final de julho, portanto, ainda tem muita água para correr debaixo da ponte”, disse.

Convidada a fazer uma avaliação da gestão Fátima Bezerra, Rosalba preferiu não opinar. “Esse negócio de avaliação é muito difícil, quem faz avaliação é o povo, porque tem aspectos negativos e positivos. Nada é perfeito, então, quero deixar isso para outro momento”.

Já sobre as nominatas para a Câmara Federal e a Assembleia Legislativa, Rosalba disse estar animada. Ela destacou a atuação do presidente do PP no RN, o deputado federal Beto Rosado, a quem classificou como “um grande deputado, que ajudou bastante e eu sou testemunha de sua luta, veja aí o apoio a indústria salineira, transposição do Rio são Francisco com o nosso braço do Rio Apodi-Mossoró as águas chegando através do Rio Piranhas – Açu, tantas e tantas ações importante principalmente para Mossoró”. lembrou.

E completou, “Com Beto, nós conseguimos viabilizar projeto semelhante ao ‘RN Sustentável’ que é o FINISA com a CEF, que tudo o que acontece hoje em Mossoró, seja um calçamento, asfaltamento, obra de reestruturação do Corredor Cultural do Teatro, Estação das Artes, é fruto dos recursos deixados por meio do FINISA ou das emendas parlamentares que Beto colocou e que nunca houve na história de Mossoró. Cada voto é importante para que possamos ampliar essa força federal do PP”, finalizou.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84)99482-9967

Visitas: 157837
Usuários Online: 1
Copyright (c) 2022 - Jornal O Litoral - Sistema Litoral de Comunicação