noticias423 Seja bem vindo ao nosso site Jornal O Litoral!

Política

Fábio Faria desiste de disputar o Senado e abre caminho para Marinho

Ministro afirmou ainda que não será candidato a outro mandato em 2022 nem pretenderá compor chapa com Bolsonaro

Publicada em 23/02/2022 às 11:31h - 15 visualizações

REVISTA OESTE


Compartilhe
Compartilhar a notícia Fábio Faria desiste de disputar o Senado e abre caminho para Marinho  Compartilhar a notícia Fábio Faria desiste de disputar o Senado e abre caminho para Marinho  Compartilhar a notícia Fábio Faria desiste de disputar o Senado e abre caminho para Marinho

Link da Notícia:

Fábio Faria desiste de disputar o Senado e abre caminho para Marinho
 (Foto: Reprodução)

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, anunciou nesta terça-feira, 22, que decidiu não disputar o Senado pelo Rio Grande do Norte nas eleições de outubro. Assim, ele permanecerá no Ministério das Comunicações.

Faria e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disputavam quem seria o candidato a senador pelo Estado, com apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Deputado federal licenciado pelo PSD, o ministro afirmou ainda que não será candidato a outro mandato nas eleições de 2022, nem pretenderá compor a chapa de Bolsonaro à reeleição como vice-presidente.

Fábio Faria afirmou que continuará como ministro das Comunicações pelo menos até inaugurar a nova rede 5G nas capitais e levar internet a todas as escolas públicas brasileiras, o que ele avalia que será concluído até o final de 2022.

“Eu ficava muito preocupado em sair do ministério em março e não entregar o 5G funcionando nas 27 capitais […] “Eu estava muito desconfortável e acho que era uma atitude, se eu fosse candidato e saísse antes, eu estaria pensando só em mim. Eu não estava satisfeito com essa minha decisão”, justificou.

Depois disso, afirmou, voltará à iniciativa privada. O ministro citou a distância dos filhos como fator levado em consideração para tomar a decisão. O anúncio foi feito em entrevista a jornalistas no Palácio do Planalto.

“Quero deixar claro que em nenhum momento o presidente Bolsonaro interveio nessa decisão. Todas as vezes que a gente conversou com ele, ele disse: ‘Vocês dois têm que se decidir'”, declarou.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84)99482-9967

Visitas: 161623
Usuários Online: 4
Copyright (c) 2023 - Jornal O Litoral - Sistema Litoral de Comunicação