noticias123 Seja bem vindo ao nosso site Jornal O Litoral!

Política

DENÚNCIA: Falta de transparência e abuso de poder nos recursos de financiamento de campanha do PSOL/RN

Publicada em 06/09/2022 às 09:54h - 30 visualizações

Glaucio Tavares


Compartilhe
Compartilhar a notícia DENÚNCIA: Falta de transparência e abuso de poder nos recursos de financiamento de campanha do PSOL/RN  Compartilhar a notícia DENÚNCIA: Falta de transparência e abuso de poder nos recursos de financiamento de campanha do PSOL/RN  Compartilhar a notícia DENÚNCIA: Falta de transparência e abuso de poder nos recursos de financiamento de campanha do PSOL/RN

Link da Notícia:

DENÚNCIA: Falta de transparência e abuso de poder nos recursos de financiamento de campanha do PSOL/RN
 (Foto: Reprodução)

Em live realizada nesta segunda-feira, 05 de setembro, membros do PSOL, trouxeram a tona, situação de falta de transparência ao povo do Rio Grande do Norte.

Os candidatos a deputado estadual pelo PSOL Cosme Lopes, Irinaldo Solino e Luciano Falcão ingressaram em 04/09/2022 no TRE/RN com uma ação judicial de investigação eleitoral – AIJE – contra o próprio PSOL com reclamação sobre a forma que foram distribuídos os recursos do fundo de financiamento da campanha eleitoral. Os referidos candidatos dizem que o PSOL/RN recebeu da Executiva Nacional o valor de R$ 602.279,06 (seiscentos e dois mil duzentos e setenta e nove reais e seis centavos), destino a financiar as campanhas dos candidatos a deputado estadual, porém tais valores sofreram um “corte/remanejamento” pela direção local do PSOL no valor de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), caindo de R$ 602.279,06 (seiscentos e dois mil duzentos e setenta e nove reais e seis centavos) para R$ 102.279,06 (cento e dois mil duzentos e setenta e nove reais e seis centavos), os recursos para o financiamento da campanha para os candidatos a deputado estadual do PSOL, sem participação dos13 candidatos na deliberação desse corte de recursos. Os socialistas candidatos reportam ainda que dos recursos que sobraram, foi destinado a candidatura de Tatiane Cristina Ribeiro a quantia de R$ 51.139,53, com direcionamento do percentual de 50% (cinquenta por cento) dos recursos financeiros para uma única candidatura cuja titular também exerce cargo de direção do PSOL, constituindo abuso do poder político, enquanto outras 04 candidaturas receberam menos de três mil reais, afrontando uma resolução nacional do PSOL. Os autores da demanda de investigação eleitoral requerem que aplique integralmente os valores do Fundo Especial de Financiamento de Campanha – FEFC, no valor de R$ 602.279,06 (seiscentos e dois mil duzentos e setenta e nove reais e seis centavos), exclusivamente nas campanhas dos candidatos a deputado estadual do partido e que tais recursos sejam repartidos conforme determinado em resolução nacional do PSOL, coibindo-se eventual abuso de poder político nas instâncias de deliberação partidária. Os autores da ação promoverão hoje 05/09/2022 às 20:00 horas uma live para tratar do assunto, convidando todos os filiados do PSOL e público em geral.

 

Assistam o vídeo.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84)99482-9967

Visitas: 161644
Usuários Online: 6
Copyright (c) 2023 - Jornal O Litoral - Sistema Litoral de Comunicação